Yahoo Web Search

  1. Apr 13, 2021 · Ranking UEFA. Rankings Ranking UEFA ... [Os rankings apresentados refletem-se na época 2022/23] P Em prova 2016/17 + 2017/18 + 2018/19 + 2019/20 + 2020/21 + Coef.

  2. Mar 03, 2021 · Cabo Verde obteve, tal como em 2020, 92 pontos em 100 possíveis, no ranking de Liberdade da Freedom House. Essa pontuação coloca-o, neste ranking, como o país mais livre em África. O país, que está no grupo dos países “livres”, e voltou a pontuar 38 (em 40) nos que toca a “Direitos Políticos” e 54 (em 60) em relação às ...

  3. People also ask

    Qual é o nome oficial do Cabo Verde?

    Qual o ponto mais elevado do Cabo Verde?

    Qual a temperatura do arquipélago de Cabo Verde?

    Quando começou a descoberta de Cabo Verde?

  4. Países isentos de visto para Cabo Verde

    pt.ivisa.com › cape-verde-blog › países-isentos-de

    Jan 04, 2021 · Assim como o Brasil, Portugal figura na lista dos países isentos de visto para Cabo Verde. Dessa forma, se você está planeando as suas próximas férias no paradisíaco arquipélago de areias brancas e águas cristalinas, só vai precisar de um registo de pré-chegada a Cabo Verde.

  5. Cabo Verde lidera ranking dos países da África Ocidental como ...

    noticiasdonorte.publ.cv › 93652 › cabo-verde-lidera

    Sep 05, 2019 · Num universo de 140 países analisados, Cabo Verde, com uma pontuação de 3,6 num máximo de 7, ocupa o lugar 88 dos mais competitivos no sector do turismo a nível mundial. De acordo com o Expresso das Ilhas, o estudo organizado pelo Fórum Económico Mundial, refere que Cabo Verde é o 6º destino mais competitivo […]

  6. Transparência Internacional: Cabo Verde é o segundo país ...

    noticiasdonorte.publ.cv › 29658 › transparencia

    Dec 24, 2014 · Em África Cabo Verde é ultrapassado apenas pelo Botswana, cujo sector público é visto como o menos corrupto e é classificado em 31º lugar numa lista de 175 países pesquisados. Outros países africanos considerados menos corruptos nos sectores públicos são: Seychelles (43ª posição), Maurícias (47º).

  7. Cabo Verde – Wikipédia, a enciclopédia livre

    pt.wikipedia.org › wiki › Cabo_Verde
    • Etimologia
    • História
    • Geografia
    • Demografia
    • Governo E Política
    • Divisão Administrativa
    • Economia
    • Infraestrutura
    • Cultura
    • Ver também

    O nome do país provém do vizinho Cabo Verde, na costa senegalesa,[7] avistado por exploradores portugueses em 1444, alguns anos antes de as ilhas serem descobertas. Em 24 de outubro de 2013, foi anunciado nas Nações Unidas que o nome oficial não deveria mais ser traduzido para outras línguas. Em vez de "Cabo Verde", a designação "República de Cabo Verde" está a ser usada para fins oficiais, como na Organização das Nações Unidas (ONU).[8][9]

    Colonização europeia

    A história refere que a descoberta de Cabo Verde se deu no século XV, mais precisamente em 1460. A colonização portuguesa começou logo após a sua descoberta, sendo as primeiras ilhas a serem povoadas as de Santiago e Fogo. Para incentivar a colonização, a corte portuguesa estabeleceu uma carta de privilégios aos moradores de Santiago relativa ao comércio de escravos na Costa da Guiné. Em Ribeira Grande, na ilha de Santiago, estabeleceu-se a primeira feitoria, que serviu ponto de escala para o...

    O processo de independência

    As origens históricas nacionais da independência de Cabo Verde podem ser localizadas no final do século XIX e no início do século XX. Foi um processo gradual. Surgiu como uma tentativa de solução para as reivindicações da elite crioula de então, que protestava contra o desleixo e a negligência da metrópole portuguesa em relação ao que se passava em Cabo Verde.[12] Com o processo de formação nacional, muito cedo a máquina administrativa foi sendo assegurada pelos nascidos em Cabo Verde, ou pel...

    Cabo Verde é um arquipélago localizado ao largo da costa da África Ocidental. As ilhas vulcânicas que o compõem são pequenas e montanhosas. Existe um vulcão activo, na ilha do Fogo, que é igualmente o ponto mais elevado do arquipélago, com 2829 m. O país é constituído por 10 ilhas, das quais 9 habitadas, e vários ilhéus desabitados, divididos em dois grupos: 1. Ao norte, as ilhas de Barlavento. Relacionando de oeste para leste: Santo Antão, São Vicente, Santa Luzia (desabitada), São Nicolau, Sal e Boa Vista. Pertencem ainda ao grupo de Barlavento os ilhéus desabitados de Branco e Raso, situados entre Santa Luzia e São Nicolau, o ilhéu dos Pássaros, em frente à cidade de Mindelo, na ilha de São Vicente e os ilhéus Rabo de Junco, na costa da ilha do Sal e os ilhéus de Sal Rei e do Baluarte, na costa da ilha de Boa Vista; 2. Ao sul, as ilhas de Sotavento. Enumerando de leste para oeste: Maio, Santiago, Fogo e Brava. O ilhéu de Santa Maria, em frente à cidade de Praia, na Ilha de Santia...

    Os cabo-verdianos são descendentes de africanos (livres ou escravos) e de europeus de várias proveniências, na sua maioria portugueses, mas também italianos, franceses ou espanhóis, dentre outros povos europeus. Há também cabo-verdianos que têm antepassados judaicos vindos do Norte África principalmente nas ilhas de Boa Vista, Santiago e Santo Antão. Grande parte dos cabo-verdianos emigrou para o estrangeiro, principalmente para os Estados Unidos, Portugal e França, de modo que há mais cabo-verdianos a residir no estrangeiro que no próprio país. É marcadamente jovem na sua estrutura etária, com quarenta por cento dos efetivos entre os 0 e 14 anos (estimativa 2005) e apenas 6 por cento acima dos 65 anos. A média de idades da população cabo-verdiana ronda os 24 anos. A esperança média de vida, que, em 1975, rondava os 63 anos, atingiu, em 2003, os 71 anos (67 para homens; 75 para as mulheres). A taxa de mortalidade infantil, que, em 1975, rondava os 110 por milhar, representava, em 20...

    Cabo Verde é uma república semipresidencialista, no quadro de uma democracia representativa.[2][23] Trata-se de uma das nações mais democráticas do mundo, ocupando o 26.º do mundo, de acordo com o Índice de Democracia de 2012.[24] A constituição nacional – adoptada em 1980 e revista em 1992, 1995 e 1999 – define os princípios básicos de funcionamento do governo. O presidente é o chefe de estado e é eleito por voto popular para um mandato de 5 anos. O primeiro-ministro é o chefe de governo e propõe outros ministros e secretários de estado. O primeiro-ministro nomeado pelo presidente e sujeito a aprovação da Assembleia Nacional, cujos membros são eleitos por voto popular para mandatos de cinco anos. Existem três partidos que têm assento na Assembleia Nacional: Partido Africano da Independência de Cabo Verde (40), Movimento para a Democracia (30) e União Caboverdiana Independente e Democrática (2)[25]e também o novo Partido Popular, que se irá estrear nas eleições presidenciais de 2016...

    A capital de Cabo Verde é a cidade da Praia na Ilha de Santiago que, juntamente com o Mindelo, na Ilha de São Vicente, são as duas cidades principais do País. Até 2005, Cabo Verde contava com dezessete concelhos. No primeiro semestre de 2005, foi aprovada pela Assembleia Nacional cabo-verdiana a constituição de cinco novos concelhos, resultando nos actuais 22 concelhos, distribuídos pelas 9 ilhas habitadas do arquipélago:

    Cabo Verde é um estado arquipélago com uma economia subdesenvolvida e que sofre com uma carência de alternativa de recursos e com o crescimento populacional. Os principais meios económicos são a agricultura, a riqueza marinha do arquipélago, a prestação de serviços (que corresponde a 80 por cento do produto interno bruto) e, mais recentemente, o turismo (que tem ganhado crescente relevância).[28]As principais ilhas turísticas são a Ilha do Sal e a Ilha da Boa Vista. A agricultura sofre com os constantes períodos de seca e carece de uma melhor infraestrutura e modernização das técnicas agrícolas; os investimentos que atenderiam a essa necessidade adviriam de uma melhor educação dos cultivadores e da organização de um mercado de consumo dos produtos.[29]Os produtos desta agricultura de sequeiro, com base na associação tradicional do milho e dos feijoeiros anuais, destinam-se basicamente ao mercado interno cabo-verdiano (embora não suficientes para atender à procura, sendo indispensáve...

    Saúde

    A taxa de mortalidade infantil em Cabo Verde é de 18,5 por 1 000 nascidos vivos, enquanto a taxa de mortalidade materna é de 53,7 mortes por 100 000 nascidos vivos. A taxa de prevalência da SIDA é baixa: há cerca de 1 000 pacientes com HIV/SIDA no país, com pouco mais de metade dos quais em Praia, de acordo com um relatório das Nações Unidas.[37] Com uma expectativa de vida de 75 anos, Cabo Verde (junto com Tunísia e Líbia) tem a maior expectativa de vida em toda a África; 71 anos para os hom...

    Educação

    Embora o sistema educativo cabo-verdiano seja semelhante ao sistema português, ao longo dos anos as universidades locais têm cada vez mais passado a adotar o sistema educacional estadunidense; por exemplo, todas as dez universidades no país oferecem programas de bacharelato de 4 anos, em vez de programas de graduação de 5 anos como em Portugal. O país tem o segundo melhor sistema educacional na África, depois da África do Sul.[carece de fontes?] O ensino primário em Cabo Verde é obrigatório e...

    Transportes

    A maioria dos transportes em Cabo Verde é feito de avião. Existem vôos regulares entre as principais ilhas (Santiago, Sal e São Vicente), com vôos menos frequentes para as outras ilhas. O transporte de barcos também está disponível, embora não seja amplamente utilizado. Nas principais cidades, o transporte público por autocarro é periódico e táxis são comuns. Os principais aeroportos do país são o Aeroporto Internacional Amílcar Cabral, na Ilha do Sal; o Aeroporto Internacional Nelson Mandela...

    Em todos os seus aspectos, a cultura de Cabo Verde caracteriza-se por uma miscigenação de elementos europeus e africanos. Não se trata de um somatório de duas culturas, convivendo lado a lado, mas sim, um terceiro produto, totalmente novo, resultante de um intercâmbio que começou há quinhentos anos. O caso cabo-verdiano pode ser situado no contexto comum das nações africanas, no qual as elites, que questionaram a superioridade racial e cultural europeia e que, em alguns casos, empreenderam uma longa luta armada contra o imperialismo europeu e pela libertação nacional, utilizam hoje o domínio dos códigos ocidentais como principal instrumento de dominação interna.[43]

  8. Cabo Verde entre os países menos preparados para lidar com ...

    expressodasilhas.cv › pais › 2020/02/07

    Feb 07, 2020 · Mas é apenas no que toca às restrições de Comércio e Viagens, que o país se coloca em 1.º lugar, com 100 pontos. Isto porque não há registo de quaisquer restrições de e para Cabo Verde. No somatório geral, Cabo Verde obtém então um total de 29,3 pontos e fica então, no 146º lugar, posicionado no campo dos países menos preparados.

  9. Comunidade dos Países de Língua Portuguesa – Wikipédia, a ...

    pt.wikipedia.org › wiki › Comunidade_dos_Países_de
    • História
    • Membros
    • Estrutura
    • Cultura E Desporto
    • críticas
    • Ver também
    • Ligações Externas

    Fundação

    Antecederam a criação da CPLP a realização de várias conferências de ministros e, em novembro de 1989, realizou-se a primeira conferência a reunir chefes de Estado e de Governo dos países de língua oficial portuguesa, na cidade brasileira de São Luís do Maranhão, na qual ocorreu a fundação do Instituto Internacional da Língua Portuguesa (IILP).[7] Em fevereiro de 1994 ocorreu uma segunda reunião de Ministros de Negócios Estrangeiros e Relações Exteriores, que recomendaram a criação de uma Cúp...

    Ampliação

    Quando a CPLP foi formada, a Guiné Equatorial pediu o estatuto de observador da organização. O país foi uma colónia portuguesa entre os séculos XV e XVIII, tem alguns territórios onde as línguas crioulas baseadas no português são faladas, além de conexões culturais e históricas com São Tomé e Príncipe e Portugal. Além disso, o país recentemente havia cooperado com os Países Africanos de Língua Portuguesa e o Brasil em projetos educacionais. Na cúpula da CPLP de julho de 2004, em São Tomé e Pr...

    A CPLP é formada por nove Estados soberanos cuja língua oficial ou uma delas é a língua portuguesa. Eles estão espalhados por todos os cinco continentes habitados da Terra, uma vez que há um na América, um na Europa, seis na África e um transcontinental entre a Ásia e a Oceania. São eles: a República de Angola, a República Federativa do Brasil, a República de Cabo Verde, a República da Guiné-Bissau, a República da Guiné Equatorial, a República de Moçambique, a República Portuguesa, a República Democrática de São Tomé e Príncipe e a República Democrática de Timor-Leste.[26] Além dos membros plenos e efetivos, há dezenove observadores associados: o Principado de Andorra, a República Argentina, a República do Chile, a República Eslovaca, a República Francesa, a Geórgia, a Hungria, o Japão, a República Italiana, o Grão-Ducado de Luxemburgo, a República de Maurício, a República da Namíbia, o Reino Unido da Grã-Bretanha e da Irlanda do Norte, a República do Senegal, a República da Sérvia,...

    A Comunidade é regida pelo Secretariado Executivo, que estuda, escolhe e implementa planos políticos para a organização. Fica localizada em Lisboa. O mandato do Secretário Executivo dura dois anos, passível de uma reeleição. A Conferência dos Chefes de Estado e de Governo, bienal, estuda as prioridades e os resultados da CPLP. O plano de ação é tomado pelo Conselho dos Ministros dos Negócios Estrangeiros e Relações Exteriores, que acontece anualmente. Há ainda encontros mensais do Comité de Concertação Permanente.

    Em 2005, numa reunião em Luanda, Angola, a CPLP decidiu que no dia 5 de maio seria comemorado o Dia da Cultura Lusófona pelo mundo.[72] A bandeira da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa ostenta oito asas em formato de círculo. Cada uma dessas asas representa um membro da CPLP. Antes da filiação oficial de Timor-Leste, havia sete asas. A CPLP é responsável pela organização dos Jogos da CPLP, evento desportivo dirigido aos jovens lusófonos com idade igual ou inferior a 16 anos. A última edição dos Jogos da CPLP ocorreu em Angola, em 2014. Em 2013, realizou-se a primeira edição do concurso Miss CPLP, em Lisboa. A vencedora foi Andreia Lima, de São Tomé e Príncipe.

    Para alguns sociólogos e demais críticos, a CPLP frustrou as expectativas originais que levaram à sua criação em 1996. Uma delas refere-se ao nível atual de desenvolvimento sócio econômico de seus países-membros, já que nenhum deles, com exceção de Portugal, está no patamar dos 20 países de maiores de Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Ademais, o sociólogo português Boaventura de Sousa Santos aponta que "a CPLP está demasiadamente focada em dois países", que são Portugal e Brasil; outros acusam esses dois países de praticarem neocolonialismo.[carece de fontes?] Notam também a falta de intervenção da CPLP em fases muito críticas, como as cheias de Moçambique.[73]

    Comunidade dos Países de Língua Portuguesa no Facebook
    «Comunidade dos Países de Língua Portuguesa». no Ministério das Relações Exterioresdo Brasil
  10. Nov 05, 2016 · Chama-se “Global School Feeding Sourcebook” (“Livro da Alimentação Escolar a Nível Global”) e aponta exemplos de programas de alimentação escolar em Cabo Verde. O estudo abrangeu 14 ...

  11. People also search for