Yahoo Web Search

  1. About 736 search results
  1. Curiosamente o meu domingo tambem foi passado no campo, admirando a maravilhosa serra da Arrábida polvilhada de papoilas, malmequeres, e "coelhinhos" rosa e roxos(se alguma vez soube o nome da flor, perfiro chamar-lhe coelhinhos)e reencontrei a andorinha, creio que é sempre a mesma que todos os anos visita aquele local e teima em brincar com ...

  2. Enter the email address you signed up with and we'll email you a reset link.

  3. Homenagem em Badajoz ao jornalista português Mário Neves (1912 - 1999) Para os alunos do 4º ano saberem um bocado da história da sua cidade e que tem a ver com um jornalista português. “Soy el primer periodista portugués que entra en Badajoz tras la caída de la ciudad en poder de los rebeldes. Acabo de presenciar tal espectáculo de ...

  4. Mas quando chegou em frente da claridade viu que não era uma fogueira. Pois era ali a clareira de bétulas onde ficava a sua casa. E ao lado da casa, o grande abeto escuro, a maior árvore da floresta, estava coberta de luzes. Porque os anjos do Natal a tinham enfeitado com dezenas de pequeninas estrelas para guiar o Cavaleiro.»-

  5. Aug 08, 2010 · Este é um país em que a Câmara Municipal de Lisboa, em governação socialista, distribui casas de RENDA ECONÓMICA - mas não de construção económica - aos seus altos funcionários e jornalistas, em que estes últimos, em atitude de gratidão, passaram a esconder as verdadeiras notícias e passaram a "prostituir-se" na sua dignidade ...

  6. nestahora.blogspot.com › 2014 › 11Nesta hora: 11_14

    Seis políticos, um cientista e três artistas constituem o leque de conversadores no quarto volume de Grandes Entrevistas da História (em publicação pelo semanário Expresso), cujas peças jornalísticas foram publicadas entre 1952 e 1970: António de Oliveira Salazar (Christine Garnier, Férias com Salazar, 1952), Albert Einstein (Bernardo Cohen, Scientific American Magazine, Julho de ...

  7. Para quem não sabe o que aconteceu em Cochabamba na Bolívia em 2000 por causa da privatização da água (a Guerra da Água), fica com uma ideia do que pode ocorrer com tal opção - a empresa que detinha "o direito à água" conseguiu até proibir a recolha da água da chuva! O povo revoltou-se e conseguiu reverter a situação, mas não sem ...